sábado, 7 de novembro de 2015

Acusado de corrupção, prefeito de Ielmo Marinho tem mandato cassado


Prefeito Bruno teve o mandato cassado pela Câmara

O prefeito do município de Ielmo Marinho (distante 54 quilômetro em relação a Natal), Bruno Patriota (PSD), teve seu mandato cassado pela Câmara Municipal daquela cidade nesta sexta-feira (6). Ele responde a sete processos por irregularidades administrativas e corrupção.
O vice-prefeito Francenilson Alexandre, que também responde na Justiça por acúmulo de cargo e recebimento indevido de R$ 126,5 mil, conseguiu uma liminar na Justiça e escapou de também ser julgado na sessão desta sexta-feira.
Bruno Patriota foi filmado pagando propina a testemunha de um processo administrativo que corre contra ele na Câmara.  As gravações resultaram na Operação Resistência, que afastou o prefeito do cargo em setembro passado.
O caso – e o vídeo da ação de corrupção – será mostrado no programa “Fantástico”, da Rede Globo, que vai ao ar neste domingo (8).

Nenhum comentário:

Postar um comentário