quarta-feira, 17 de julho de 2019

Patrícia Barreto, do IFRN de Nova Cruz, conquistou "Prêmio Educador Nota 10" em trabalho que ensinava métodos de argumentação aos alunos através de reflexões sociais


Professora do IFRN de Nova Cruz realizou projeto com alunos do 3º ano do ensino médio  — Foto: Arquivo Pessoal
A professora Patrícia Barreto, do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) de Nova Cruz, no interior do estado, foi um das vencedoras do Prêmio Educador Nota 10, que teve seu resultado divulgado nesta quarta-feira (17). A premiação nacional - a mais importante no país na educação básica - condecora profissionais com projetos relevantes na suas unidades de educação. 

Excesso de café aumenta chance de pressão alta em pessoas predispostas

O consumo habitual de mais de três xícaras de café de 50 ml por dia aumenta em até quatro vezes a chance de pessoas geneticamente predispostas apresentarem pressão arterial alta. A descoberta faz parte de um estudo desenvolvido na Universidade de São Paulo (USP) e publicado na revista Clinical Nutrition.
Estudo anterior mostra, por outro lado, que o consumo moderado de café (de uma a três xícaras por dia) tem efeito benéfico sobre alguns fatores de risco cardiovascular – particularmente a pressão arterial.

Ministério da Saúde comprará remédio no setor privado, ao invés dos laboratórios públicos

         
                          Foto: Reprodução Internet

O Ministério da Saúde disse nesta terça-feira, 16, que, para garantir que não faltem medicamentos de distribuição obrigatória no Sistema Único de Saúde (SUS), os remédios que eram fornecidos por laboratórios públicos e tiveram contratos suspensos serão adquiridos da iniciativa privada.
A pasta da Saúde suspendeu, nas últimas três semanas, contratos com 7 laboratórios públicos nacionais para a produção de 18 medicamentos e uma vacina distribuídos gratuitamente pelo SUS. Documentos obtidos pelo Estado apontam que houve suspensão de projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs) destinados à fabricação de remédios para pacientes que sofrem de câncer e diabete, por exemplo.
Em nota, o ministério justificou que a suspensão das parcerias aconteceu por seis motivos principais: Recomendação de órgãos de controle (como a Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União), decisão judicial, descumprimento de cronograma, falta de avanços esperados, falta de investimentos em estrutura ou solicitação de saída do parceiro privado.
Em nota nesta terça, a pasta disse que a etapa atual permite que os laboratórios públicos apresentem medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades dos contratos suspensos. “Trata-se de uma medida regular e recomendada pelos órgãos de controle, como Tribunal de Contas da União (TCU) e Controladoria-Geral da União (CGU), além de estar prevista no marco regulatório das PDPs e realizada com normalidade. Toda e qualquer parceria que estiver em desacordo é suspensa para avaliação”.
A Associação de Laboratórios Farmacêuticos Oficiais do Brasil (Alfob), porém, disse que foi pega de surpresa com as suspensões e vai ingressar com ações na Justiça contra a pasta.
“Para suspender um PDP precisa ter uma avaliação de um comitê técnico, de um comitê deliberativo, ter aprovação do grupo executivo do complexo industrial da saúde”, disse ao Estado o presidente da Bahiafarma, Ronaldo Ferreira Dias, que também preside a associação de laboratórios.
“Muitos dos laboratórios estão em fase de importação de insumo, ou desenvolvendo tecnologias,” afirmou Dias. Segundo o ministério, cinco das parcerias suspensas estavam em fase avançada para a aquisição dos medicamentos produzidos. O ministério informou ainda que vem realizando compras desses produtos “por outros meios previstos na legislação”, como pregões, licitações (ou dispensa desses processos) e outros mecanismos.
Economia
De acordo com cálculos da associação de laboratórios públicos as PDPs significaram, ao longo dos últimos oito anos, em mais de R$ 20 bilhões em economia para o Tesouro Nacional.
Por isso, para a entidade, a suspensão de 19 contratos “não apenas coloca em risco o abastecimento de medicamentos estratégicos”, mas também difere dos esforços de outros ministérios de aquisição de tecnologia pela indústria nacional.
Defendido como inovador, modelo enfrenta problemas
Defendidas por especialistas em inovação como um caminho para modernizar laboratórios públicos nacionais, as Parcerias de Desenvolvimento Produtivo (PDPs) têm acumulado problemas em sua execução no País. Segundo dados do próprio Ministério da Saúde, não é a primeira vez que convênios do tipo são suspensos. Desde 2015, 46 PDPs já foram interrompidas. Hoje, 87 estão vigentes.
Em uma PDP, a farmacêutica privada firma acordo com o ministério, comprometendo-se a repassar a um laboratório público, em um período de cinco anos, tecnologia para a produção de um determinado produto. O laboratório privado, por sua vez, recebe como contrapartida a garantia de tornar-se o único fornecedor daquele item ao ministério durante os cinco anos da parceria.
No Brasil, as PDPs sofrem com as condições precárias de alguns laboratórios públicos, que nem sempre conseguem alcançar estrutura e tecnologia adequadas para assumir a produção dos medicamentos. Outro problema é que, ao fim da PDP, o produto foco da parceria pode já estar com a tecnologia ultrapassada. Para Fadlo Fraige Filho, presidente da Associação Nacional de Atenção ao Diabete (Anad), esse é o caso das insulinas que tiveram os contratos suspensos. “Insulinas de NPH são tecnologias antigas, de 30 anos atrás. Não há necessidade de o governo investir em uma fábrica que produz insulina de tecnologia ultrapassada”, defendeu ele, que não vê risco de desabastecimento.
Outro que acredita que a suspensão não afetará pacientes é Carlos Varaldo, do Grupo Otimismo de Apoio a Portadores de Hepatite. Ele diz que o sofosbuvir, usado no tratamento da hepatite C, que também teve seu processo de PDP suspensa, tem estoque garantido por um pregão realizado no início do ano. “Não nos interessa se é medicamento de PDP ou de marca. Queremos preço justo. Sou a favor (das PDPs), mas todo ano deveria ter uma licitação e, se houver medicamento mais barato, baixar (o preço).”

Estadão

Agenda: Fórum dos Servidores define programação do Dia Estadual de Paralisação no dia 13 de agosto

As entidades que compõem o Fórum Estadual dos Servidores se reuniram na tarde da última terça-feira, 16 de julho, na sede do SINAI-RN. Na oportunidade, foi definida a programação do Dia Estadual de Paralisação (13 de agosto), que se dará da seguinte maneira:
08h: Concentração dos servidores no Centro Administrativo, ocasião em que será servido café da manhã e realizado ato político com intervenção das entidades e atividades culturais;
12h30: Almoço; e
14h: Integração dos Servidores ao Ato Nacional contra a reforma da Previdência.
No que se refere às atividades do Dia de Paralisação, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE) coordenará o café da manhã; o almoço estará sob responsabilidade do Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta (SINAI-RN); enquanto o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta (SINSP) organizará a atividade cultural.
Também na data, com o propósito de trazer até Natal os servidores que trabalham em municípios do interior do Estado, notadamente aqueles que estão em Mossoró, Assú, Pau dos Ferros, Caicó, Currais Novos, Nova Cruz e Macau, será organizado conjuntamente, pelas entidades do Fórum, o transporte desses servidores.
Antecedendo o Dia de Paralisação, há um cronograma de atividades a serem desenvolvidas. Dessa forma, já na próxima segunda-feira, 22 de julho, às 14h, representantes do Fórum estarão reunidos para gravar um vídeo convocando os trabalhadores para o 13 de agosto. A gravação será feita no Centro Administrativo, em frente ao prédio da escola do Governo. Por sua vez, na semana que antecede a paralisação, será feita uma mobilização conjunta do Fórum, também no Centro Administrativo.

terça-feira, 16 de julho de 2019

Bento Fernandes: Aconteceu nesta segunda(15) Reunião Municipal de Acompanhamento do Selo UNICEF Edição 2017/2020

A imagem pode conter: 19 pessoas, incluindo Fabiana Teixeira Silva, Cintya Bezerril, Elza Araujo, Elionete Costa, Juliana Raquel, Jacson Dantas, Lucineide Ângelo, Silene Maria, Eriberto Freire Tomaz e outras 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas, pessoas em pé e área interna
Ação integrada todos pela seguridade dos Direitos Sociais. 
Articuladores e Segmentos da Sociedade discutem Atividades ao atendimentos social dos munícipes!
A Prefeitura de Bento Fernandes- RN, através da Comissão Intersetorial pelos Direitos da Infância e Adolescência, realizou na última Segunda-feira, 15, no plenário da Câmara Municipal, a Reunião Intermediária de Acompanhamento do Selo UNICEF Edição 2017/2020.
O Selo UNICEF é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) para estimular e reconhecer avanços reais e positivos na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira.
A imagem pode conter: Eriberto Freire Tomaz, em pé e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, incluindo Ednalva Dias Valdivino, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área internaA imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, área interna
A reunião contou com a participação de representantes das Secretarias Municipais de Assistência Social, Educação, Saúde e Cultura, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), do Conselho Tutelar e do Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA).
A imagem pode conter: 12 pessoas, incluindo Ednalva Dias Valdivino e Thaise Patrine, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Grupo NUCA
Os destaque pelos membros da reunião é que: “Os atores que estão diretamente envolvidos com a gestão do Selo UNICEF, como a articuladora, prefeito, secretários (as) municipais, vereadores, Comissão Intersetorial, CMDAC, lideranças comunitárias e adolescentes, necessitam de um espaço para realizarem ajustes de curso no Plano de Ações pelos Direitos das Crianças e Adolescentes e refletirem sobre o andamento do processo do Selo UNICEF, e que resulte em uma avaliação sobre os avanços e desafios enfrentados até o momento”.
Além disso, foi avaliado que: Durante a reunião, foi verificada uma evolução na maioria dos indicadores do relatório de meio período, e que a equipe está comprometida em desenvolver estratégias para melhorar esses indicadores e para realizar dos desafios propostos com o objetivo de conquistar não só a certificação, mas também avanços reais e positivos na promoçã
A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Silene Maria e Juliana Raquel, pessoas em pé
A imagem pode conter: 7 pessoas, incluindo Markinhu Aurélio, Elionete Costa, Jacson Dantas e Maria José de Paula, pessoas em pé e pessoas sentadas
A imagem pode conter: 8 pessoas, incluindo Markinhu Aurélio, Elionete Costa, Edésia Nunes, Jacson Dantas, Elza Araujo, Maria José de Paula e Eriberto Freire Tomaz, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: Cintya Bezerril
A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Cintya Bezerril, pessoas em pé
A imagem pode conter: Palmira Lopes, Edésia Nunes, Fabiana Teixeira Silva, Lucineide Ângelo, Silene Maria, Juliana Raquel e Eriberto Freire Tomaz, pessoas sorrindo, pessoas em pé
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas sentadas e área interna

segunda-feira, 15 de julho de 2019

Bento Fernandes: Igreja Assembleia de Deus em parceria com o Núcleo Natal realiza Ação Social e Evangelização

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e atividades ao ar livre
No Sabádo(13) aconteceu a caminhada evangelística e ação social em Bento Fernandes, uma ação  da Igreja Assembleia de Deus e Igreja de Natal.
Evangelização, serviços de atendimento odontológico, médico, assessoria jurídica, recreação e entrega de cestas básicas.
Um trabalho conjunto  que beneficiou dezenas de pessoas com os serviços oferecidos a comunidade Bentofernandense.
O trabalho dirigido pelo Pastor Cristovão José Lins e o Departamento da Igreja Evangélica de Bento Fernandes apoiados pelo Campo IV do Planalto.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu, árvore, multidão e atividades ao ar livre

Hospital Metropolitano inscreve para processo seletivo com 55 vagas a partir desta terça

O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires inscreve a partir desta terça-feira (16), para o processo seletivo com 55 vagas para cargos dos níveis médico-técnico e superior. O responsável pelo processo seletivo é o Instituto de Psicologia Clínica Educacional e Profissional(IPCEP).
Os salários oferecidos variam de R$ 998 a R$ 6 mil. As vagas são para cargos de médicos em diversas especialidades, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos de enfermagem, perfusionistas, técnico de equipamentos.
As inscrições serão realizadas exclusivamente na forma presencial, no Hospital Metropolitano Dom Jose Maria Pires, até o dia 07 de agosto, de segunda a sexta-feira, no horário das 09 às 15h. Para realizar a inscrição presencial, o candidato deverá comparecer com a ficha de inscrição já devidamente preenchida no prazo indicado e anexar cópias dos documentos solicitados.

Receita paga hoje restituições do 2º lote do Imposto de Renda

Resultado de imagem para Receita paga hoje restituições do 2º lote do Imposto de Renda
A Receita Federal começa a pagar, nesta segunda-feira (15), o 2º lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2019, e também, as restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2018.
Serão depositados R$ 5 bilhões para 3.164.229 contribuintes. Desse total, R$2.362.514.597,42 referem-se a restituição de 15.489 contribuintes idosos acima de 80 anos, 197.895 contribuintes entre 60 e 79 anos, 24.793 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave, e 1.251.906 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.
Para saber se teve a declaração liberada, é preciso acessar o site da Receita Federal, ou ligar para o Receitafone, no número146.
A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF.
A restituição ficará disponível no banco durante um ano.
O dinheiro será depositado nas contas informadas na declaração. O contribuinte que não receber a restituição deverá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para os telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para ter acesso ao pagamento.

Agência Brasil

Emocionado o ex-prefeito Vavá “Luiz sempre foi meu amigo, não só na política em todos os momentos”, disse

Vavá chora no adeus a Luiz de Berré (Foto: Moises Araújo)

O ex-prefeito Ariosvaldo Targino de Araújo, Vavá, esteve no velório do ex-vereador Luiz de Berré que durante muitos anos foi seu defensor ferrenho na tribuna da Câmara da Câmara de vereadores.
Emocionado, com a voz tremula e chorando, Vavá disse que Luiz foi seu amigo, não só na política, mas em todos os momentos.  Vavá estava acompanhado do filho Arison.

domingo, 14 de julho de 2019

Padre Marcelo Rossi cai do altar após ser empurrado em missa

O padre Marcelo Rossi, 52, foi empurrado de cima do altar enquanto rezava uma missa neste domingo (14), em Cachoeira Paulista (a 212 km de São Paulo ).
O religioso participava da celebração quando, por volta das 15h, uma mulher driblou a segurança, invadiu o altar e o empurrou de cima do palco.
Ele caiu de uma altura de cerca de um metro na área que separa o palco das cadeiras onde estavam os fiéis. De acordo com relatos do público, o padre voltou a subir ao palco e terminou de celebrar a missa.